Ataque a jornalista do Estadão comprova que presidente Fake News deve ser submetido a exame de sanidade

Artigo Notícias

Ataque a jornalista do Estadão comprova que presidente Fake News deve ser submetido a exame de sanidade

Apenas dois dias após o Dia Internacional da Mulher, em que o mundo inteiro refletiu sobre os ataques sofridos pelas mulheres, o desqualificado que está na Presidência da República desferiu um ataque brutal e desumano contra a jornalista Constança Rezende, do jornal O Estado de S. Paulo.

É muito desalentador ver que Jair Bolsonaro, um elemento inábil, se vale de informações de um site de Fake News para atacar a honra e a dignidade de uma profissional da imprensa.

Bolsonaro deveria estar preocupado em encontrar soluções para os graves problemas que acometem o Brasil, como o desemprego em alta, o retorno da inflação, o caos na saúde pública, a frágil segurança pública.

Na verdade, o que Jair Bolsonaro, o rei das Fake News, quis com isso, foi esconder a sua ligação direta com as milícias do Rio de Janeiro.

Fica comprovado que este senhor não tem compostura para ocupar o mais importante cargo do país. É importante que todos nós, além de prestarmos solidariedade à jornalista, exijamos o afastamento deste celerado, que foi aposentado pelo Exército Brasileiro como incapaz mentalmente.

Está na hora de, novamente, uma junta médica isenta realizar exame de sanidade mental neste Presidente Fake News, para que, desta forma, seja afastado da Presidência da República antes que afunde por completo a nossa nação.

Chico Vigilante, deputado distrital (PT)

Equipe Chico Vigilante

Equipe Chico Vigilante

Deixe uma resposta