Equipe Chico Vigilante

Vigilantes dão início à Campanha Salarial 2020

Vigilantes de todo Distrito Federal, Hoje, sábado, 10 de agosto de 2019, demos início à nossa campanha salarial para o ano de 2020. O auditório do Sindicato dos Vigilantes estava lotado com os trabalhadores dispostos e empolgados para as negociações desse ano. Aprovamos por unanimidade a pauta de reivindicações para ser entregue aos patrões e, dessa forma, darmos início às negociações…

Debate sobre a Reforma da Previdência no IFB Planaltina

Na noite desta sexta-feira (9) participei de mais um importante debate sobre a Reforma da Previdência. Desta vez, foi no Campus Planaltina do Instituto Federal Brasília (IFB) para um público de quase 100 alunos e professores. Fiquei, especialmente, feliz de realizar essa discussão no Campus Planaltina do IFB, porque estive presente quando o presidente Lula inaugurou essa unidade de ensino tecnológico…

Agora é lei! Locadoras ficam proibidas de emplacarem veículos fora do DF

Foi publicada na edição desta quinta-feira (8/8) do Diário Oficial do DF a Lei 6.354, de autoria do deputado Chico Vigilante (PT), que estabelece a obrigatoriedade de registro, emplacamento e licenciamento no Distrito Federal dos veículos de locadoras que circulem em Brasília. O objetivo é fazer com que as empresas paguem IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) no Distrito Federal…

Agora é Lei! Prédio públicos do DF deverão utilizar dispositivos hidráulicos automáticos

O Diário Oficial do Distrito Federal traz, nesta sexta-feira, a publicação da LEI nº 6.342, de 1º de agosto de 2019, de autoria do deputado Chico Vigilante (PT), que determina o uso obrigatório de torneiras e dispositivos hidráulicos com fechamento automático em todos os empreendimentos imobiliários destinados ao serviço público. Sancionada pelo governador Ibaneis Rocha, a lei visa o controle e…

FGTS: uma bondade “fake”, de um governo sem propostas nem escrúpulos

O governo que resultou das eleições presidenciais mais anormais desde o fim da ditadura de 1964 demonstra a cada dia por que o atual presidente fugiu dos debates, quando candidato. Primeiro, por sua indigência de argumentos e retórica. E, ademais, por não poder confessar o conteúdo de seus propósitos. Mais de 200 dias decorridos de sua posse, o conjunto de retrocessos…