Chico Vigilante destina mais de R$ 1 milhão em emenda parlamentar para combate ao coronavírus

categoria indefinida

Chico Vigilante destina mais de R$ 1 milhão em emenda parlamentar para combate ao coronavírus

Nesta segunda-feira, tomei a decisão de destinar emenda parlamentar no valor de R$ 1 milhão e 650 mil para as ações de combate à epidemia do novo coronavírus. É uma quantia que será utilizada em um momento crucial, pois, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, o Distrito Federal já contabiliza 19 casos de pacientes infectados com o vírus.

Esses recursos serão utilizados pelo GDF por meio do Programa de Descentralização Progressiva de Ações de Saúde (PDPAS) e estão destinadas para Ceilândia, Planaltina e Gama.

Para Ceilândia, destinei R$ 1 milhão. Para o Gama, foram destinados R$ 350 mil. E outros R$ 300 mil foram destinados para a cidade de Planaltina.

O PDPAS é um meio mais rápido e ágil para utilização de recursos e, por meio dele, será possível custear soluções para esta situação de pandemia nos hospitais das três cidades. Na prática, os recursos serão descentralizados para uso nas localidades.

Nesta segunda, nós deputados distritais aprovamos a diminuição da alíquota do ICMS – de 18% para 7% – em produtos essenciais para enfrentar a epidemia do novo coronavírus. Com a medida, álcool em gel e os insumos para prepará-lo; luvas e máscaras médicas; hipoclorito de sódio 5% e álcool 70% deverão ter o preço final reduzido para os consumidores.

Ainda nesta segunda, como presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, sugeri ao Governo do Distrito Federal que sejam realizadas operações das delegacias de defesa do consumidor e do Procon para levantar os preços dos produtos que foram beneficiados com a redução de ICMS junto às farmácias e distribuidoras de medicamentos a fim de evitar possíveis abusos e garantir que o desconto chegue realmente ao consumidor.

Essa exploração absurda que está ocorrendo no comércio brasiliense, com a prática abusiva dos preços de álcool em gel e das máscaras, é tudo em função da livre iniciativa, na qual alguns comerciantes querem ganhar dinheiro fácil às custas do sofrimento e da dor alheias.

Na noite de domingo, entrei em contato com o governador para sugerir que o governo edite um decreto de Estado de Calamidade Pública na Saúde e a transformação do Centro Administrativo, em Taguatinga, em hospital para atendimento exclusivo aos pacientes do Covid-19.

Está na hora do governador Ibaneis equipar o Centrad para realizar as internações e, desta forma, desocupar o restante da rede hospitalar. Ainda mais, que vamos entrar na temporada de frio no DF e chegarão outros casos de gripe.

Na verdade, como ninguém sabe o tamanho desse monstro chamado coronavírus, é hora de todos darem as mãos.

Chico Vigilante

Chico Vigilante

Deixe uma resposta