Chico Vigilante pede providências ao GDF em relação à BRA

Chico Vigilante pede providências ao GDF em relação à BRA

 O deputado Chico Vigilante (PT) reclamou no plenário da CLDF, mais uma vez, da situação pela qual passam trabalhadores e trabalhadoras terceirizados da empresa BRA, responsável pela higienização de vários hospitais públicos e UPAs do DF. Eles sofrem com atrasos de salários e do valor do ticket alimentação e podem entrar em greve a partir de amanhã (11). “O GDF precisa tomar uma providência urgente em relação a essa empresa picareta. Não dá para a safadeza ficar do jeito que está”, protestou.

Vigilante, que tem tentado há dias resolver o problema da falta de pagamento dos funcionários da empresa, contou que esses trabalhadores e trabalhadoras “estão deixando filhos em casa chorando sem ter não tem o que comer”. “No caso dos que moram de aluguel, os proprietários estão pedindo as casas de volta porque eles não têm como honrar seus compromissos”, denunciou.

“O GDF precisa agir para resolver isso rápido”, frisou o distrital, que já entrou em contato com o secretário de Saúde do DF e o próprio governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha sobre o caso. “Essa empresa picareta, a BRA, que veio de Maceió,  está cheirando muito mal”, acrescentou.

Segundo o parlamentar, a Secretaria de Saúde tinha aberto uma licitação para regularizar a situação dessas empresas terceirizadas no DF, mas a própria BRA foi ao Tribunal de Contas do Distrito Federal e Territórios (TCDF) e conseguiu suspender a licitação.

“Hoje, para completar, fiquei sabendo que a secretaria de Saúde cancelou o concurso. A secretaria não pode ser conivente com esse tipo de picaretagem. Essas trabalhadoras e trabalhadores irão a greve amanhã, portanto, a partir de amanhã vamos ter ainda mais furos na higienização dos hospitais. O caso exige providências urgentes”, enfatizou.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.