Deputado pede providências para paciente que aguarda cirurgia há quase 10 dias

Deputado pede providências para paciente que aguarda cirurgia há quase 10 dias

O deputado distrital Chico Vigilante chamou a atenção do Governo do Distrito Federal (GDF) hoje (24), mais uma vez, para a precariedade do serviço público de saúde no DF. Ele pediu, em especial, atenção em relação ao quadro observado pela cidadã Marina Alves Lupo que aguarda uma cirurgia emergencial há quase dez dias e está tendo infecções enquanto não chega uma autorização.

Ela sofreu uma queda no último dia 17 em Taguatinga Norte e foi socorrida pelo Samu para a emergência do Hospital Regional de Taguatinga. Lá, foi diagnosticada quebradura do fêmur e necessidade urgente de uma cirurgia, inclusive para colocação de prótese ortopédica.

Só que o corpo de funcionários que atende a paciente tem informado que a cirurgia, por ser de longa duração, “não está autorizada a se realizar na sala de cirurgia geral” da referida unidade, porque tal sala “não pode ficar em uso por muito tempo, por apenas um paciente”.

Desde a última quarta-feira (20), Marina Lupo está internada em condições precárias e já apresentou infecção nas vias urinárias. “É um absurdo que cenas como essas se repitam. O GDF precisa garantir aos moradores do Distrito Federal o cumprimento do artigo 5º da Constituição que assegura um serviço público de saúde para todos os cidadãos. As pessoas não podem ficar sujeitas a infecções aguardando para a realização de cirurgias de emergências, cuja demora põe em risco as suas vidas”, destacou o parlamentar.

Vigilante informou que como se não bastasse todo o descaso para com a situação, a paciente é portadora de diabetes (diagnosticada desde a infância) e pode vir a ter comprometimento no seu sistema de defesa , devido à situação hospitalar inadequada a que está submetida por tanto tempo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.