ENTREVISTA DE CHICO É DESTAQUE NO CORREIO BRAZILIENSE

Notícias

ENTREVISTA DE CHICO É DESTAQUE NO CORREIO BRAZILIENSE

O deputado Chico Vigilante foi destaque no jornal Correio Braziliense deste domingo, 4. Ele concedeu entrevista à coluna Eixo Capital assinada pela jornalista Ana Maria Campos.

Leia, abaixo, a íntegra da entrevista.

À QUEIMA-ROUPA

Chico Vigilante (PT)
Deputado distrital

O PT acabou em Brasília?
Não acabou, nem em Brasília, nem no Brasil. Está mais vivo do que nunca. Muitas pessoas estão procurando o partido para se filiar. Existe uma rede de solidariedade.

Isso é reflexo da condenação do ex-presidente Lula?
É reflexo à perseguição ao (ex) presidente Lula, à família dele e aos próprios petistas. É resultado também dos programas sociais do governo do PT. Lula foi o único presidente que trouxe o pobre para fazer parte do orçamento brasileiro.

Lula é mais forte fora da disputa?
Não é isso. É como alguém já disse e concordo: Lula preso é vítima, solto será presidente, morto será mártir.

O PT vai ter candidato próprio ao GDF?
O PT terá candidato, com certeza. Tem programa, militância, serviço prestado e história.

Quem vai ser o candidato?
Estamos definindo. O PT não tem medo de ir sozinho. Já fomos sozinhos e nos saímos muito bem. Foi em 1990. Ficamos em segundo lugar. Perdemos para Roriz.

E ao Senado?
Está inscrito como pré-candidato o deputado Wasny de Roure.

Lançar a candidatura de Lula não significa desafiar a Justiça?
Não. Existem todos os recursos judiciais que podem ser feitos. Nesse momento, ele tem plenos direitos políticos no Brasil.

E quando acabarem os recursos?
Vamos vencer. Condenação sem prova é perseguição.

O PT é a favor da Lei da Ficha Limpa?
Sim. Quem sancionou a lei foi o Lula.

Qual é o seu projeto para as próximas eleições?
Eu sou candidato à reeleição de deputado distrital. Temos muitos desafios pela frente. Quero ajudar no quadro grave da segurança, educação e na geração de emprego. Quem não tem emprego não tem cidadania.

Fonte: Correio Braziliense, 4 de fevereiro de 2018.

Equipe Chico Vigilante

Equipe Chico Vigilante

Deixe uma resposta