“Lucro da Neoenergia está sendo usado fora do país”, afirma Chico Vigilante

“Lucro da Neoenergia está sendo usado fora do país”, afirma Chico Vigilante

Ao falar sobre a situação da empresa espanhola Neoenergia, que adquiriu a CEB-D a partir da privatização desse braço da companhia energética de Brasília (CEB), o deputado distrital Chico Vigilante pediu recentemente que as regras de privatização passem a apresentar certos critérios de controle, de forma que parte do lucro anual obtido por tais empresas seja investido aqui no país.

“Nós só temos ficado com demissões e preços altos da conta de luz”, Vigilante. De acordo com o parlamentar, a Neoenergia – que também comprou, com as privatizações, as companhias energéticas de Rio Grande do Norte, Bahia e Ceará – obteve no primeiro trimestre de 2022, lucro de R$ 1,2 bilhão. “Se não fossem as privatizações, esse lucro estaria sendo reinvestido. É dinheiro tirado dos consumidores brasileiros”, reclamou.

▶️ Assista aqui à íntegra da fala de Chico Vigilante:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.