Mais um vigilante morre de Covid. É a nona vítima na categoria

categoria indefinida

Mais um vigilante morre de Covid. É a nona vítima na categoria

O número de vigilantes mortos em decorrência do novo coronavírus subiu para nove. No último sábado (11/7), o companheiro Reginaldo Silva Lima, de 45 anos, faleceu após vários dias internado no Hospital de Santa Maria. Reginaldo era vigilante da empresa Confederal e prestava serviço na Escola Classe 53 de Taguatinga. São 107 os vigilantes infectados no DF pela Covid-19.

Lamento profundamente essa gravíssima situação que os vigilantes do Distrito Federal estão enfrentando nos hospitais, escolas e bancos. Desde o início da pandemia, venho lutando para que o GDF realize testes em massa na categoria e pela disponibilização de EPIs por parte das empresas, com o envio de ofícios para o Governador Ibaneis Rocha. Tudo sem sucesso.

É uma lástima que o Governo do Distrito Federal não tenha tido a sensibilidade para a realização dos testes contra o coronavírus nos vigilantes que prestam serviço em seus órgãos. Também é de se lamentar o pouco caso das empresas, que não estão se empenhando em entregar material de proteção individual a seus funcionários.

Veja, abaixo, os vigilantes vitimados pela Covid-19:
Onildo Nonato dos Santos, Reginaldo de Almeida; Francisco de Assis da Conceição, Daulo Moreira Flausino, José Santana da Silva, Adilson Pereira Santana, Rodrigo Jaques Pereira, Joaquim Gama dos Santos Filho e Reginaldo Silva de Lima.

Chico Vigilante

Chico Vigilante

Deixe uma resposta