Moradores do Setor P Sul pedem mais segurança

categoria indefinida

Moradores do Setor P Sul pedem mais segurança

Enquanto o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) faz propaganda anunciando a redução nos índices de violência, a população do DF afirma que a sensação de insegurança só aumenta.

Em todas regiões administrativas do DF, os relatos de casos de violência são recorrentes. No Setor P Sul, em Ceilândia, os moradores resolveram usar as redes sociais para alertar as pessoas sobre a insegurança.

Assalto a pedestres, furtos em veículos, arrastão nas paradas de ônibus e vandalismo são alguns dos casos denunciados nesta semana no grupo do Facebook “Bairro P. Sul Ceilândia”.

“Mais um caso de assalto aqui no P Sul. Minha irmã estava saindo para trabalhar, às 6h40, quando dois assaltantes, numa moto, apontaram uma arma para a cabeça dela”, relata a moradora. Segundo a mulher, os homens levaram o celular e todo o dinheiro que a irmã tinha na bolsa. “Onde vamos parar? Cada dia o P Sul está ficando pior”, questionou.

Outra moradora alerta os motoristas: “Cuidado! Carros sendo arrombados nas barraquinhas da feira da Guariroba”.

Já em outro relato, a mulher alerta sobre os constantes arrastões nas paradas de ônibus nas primeiras horas da manhã, e cobra mais segurança. “Cadê o policiamento neste horário que saímos para trabalhar? ”, questionou.

Enquanto morador do setor, o deputado Chico Vigilante lamenta os casos de violência. Ele garantiu que vai marcar audiência com o comandante Geral do 8º Batalhão da Polícia Militar para cobrar medidas que venham coibir a ação dos marginais e devolver a segurança aos moradores.

Assessoria de Comunicação

Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta