“Rede social não é terra sem lei”, afirma Chico Vigilante

“Rede social não é terra sem lei”, afirma Chico Vigilante

 

O deputado distrital Chico Vigilante (PT) denunciou, durante sessão ordinária da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), um caso prestes a resultar na abertura de processo no Judiciário, que o teve como vítima. Vigilante foi alvo de mensagem por meio do WhatsApp, a partir de um número sem identificação, cujo teor atacou das mais ácidas formas a ele pessoalmente, ao seu trabalho político e à sua família.

O parlamentar procurou a delegacia do seu bairro que deu início às investigações. Hoje (8), anunciou que o delegado Thiago Boeing, da 23a DP, acabou de fechar o inquérito, pedindo o indiciamento do culpado – que é residente no Gama, mas escreveu dos Estados Unidos. “Estou contando isso aqui para dizer a qualquer pessoa atacada nas redes sociais, que vale a pena investigar e seguir com o processo até o fim”, frisou.

De acordo com Chico Vigilante “rede social não é terra sem lei e quem a usa para fazer esse tipo de maldade precisa responder pelo que faz”.  Além disso, “o debate político não pode ser tratado no nível que o Bolsonarismo está travando”, enfatizou o parlamentar.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.