Reivindicação antiga, obras do Quadradão da QNP 16 está a todo vapor

Notícias

Reivindicação antiga, obras do Quadradão da QNP 16 está a todo vapor

Equipamento está sendo construído com emendas de Chico Vigilante

O ritmo é intenso. As obras da completa revitalização da praça da QNP 16 estão a todo vapor. Essa é uma antiga demanda de Ceilândia que a população aguardava há vários anos e que foi concretizada a partir da ação do deputado distrital Chico Vigilante que destinou emendas parlamentares no valor de R$ 891.637,30 para as obras.

“Essa praça estava abandonada há mais de vinte anos. É uma luta que a comunidade travou durante muitos anos pela revitalização dessa praça e, agora, chegou a hora. As obras já começaram e a praça, agora, vai ser reconstruída. Vai ficar maravilhosa à altura do que o P Sul merece”, afirmou.

Na revitalização do Quadradão, estão sendo construídos um Ponto de Encontro Comunitário (PEC), com uma academia ao ar livre; um campo de futebol de grama sintética; um novo playground; calçamento; pergolado e paisagismo.

Construída há mais de 30 anos, esta era uma das poucas praças em Ceilândia que ainda não haviam recebido obras de revitalização.  Reportagem realizada pelo gabinete de Chico Vigilante, em 2017, revelou que o descaso do poder público tinha levado os moradores a bancarem do próprio bolso a reforma das instalações.

Até o início das obras, o local contava com a boa-vontade de moradores para a manutenção do espaço.

Agora, está próxima a entrega desse renovado equipamento público para a comunidade do P Sul e de toda a Ceilândia.

Como funcionam as emendas:

I – O Governo do Distrito Federal envia à Câmara Legislativa, até 30 de setembro de cada ano, o Projeto da Lei Orçamentária Anual (PLOA);

II – Cada deputado distrital tem uma cota para propor gastos ao poder executivo. São as chamadas emendas parlamentares;

III – As emendas são do tipo impositivas, ou seja, o governo tem a obrigação de executar a verba estabelecida na lei orçamentária;

IV – Assim que o governo libera os recursos determinados pela emenda, a verba é enviada para as administrações regionais ou para as empresas públicas, como CEB, Caesb, Novacap e SLU, por exemplo; e

V – As administrações regionais e/ou as empresas públicas ficam responsáveis pelo trâmite da licitação e execução da obra até a entrega.

 

Equipe Chico Vigilante

Equipe Chico Vigilante

Deixe uma resposta